Osteopatia lisboa
PortugalEnglish (United Kingdom)
marcacoes_online
promocoes
Osteopatia e Massagem
Rua Gonçalves Zarco, 21B
1400-192 Lisboa
Telm. 91 151 64 79 Siga-nos no Facebook
Massagem Terapêutica

As fáscias são formadas de tecido derivado do mesoderma embrionário e estão como base de numerosas técnicas, e para isso, é preciso um atento estudo sobre elas, sendo que aqui, a palavra “fáscia”, ou o estudo dela será visto na globalidade (é assim que a fáscia deve ser vista nas técnicas manuais, como um todo).

Os osteopatas foram os primeiros a ter noção de globalidade. Na verdade, não se trata de várias fáscias e sim de uma fáscia, palavra usada no singular, que designa um grande conjunto membranoso. Tudo está ligado entre si, formando uma continuidade, que nada mais é que a globalidade. É o conjunto tecidular de uma única peça, em que se apoiam todas as modernas técnicas de terapia manual. A principal tese é que, a acção da menor tensão sobre qualquer região da fáscia, seja esta tensão activa ou passiva, irá repercutir em toda a fáscia, ou seja, se temos uma disfunção num músculo que se insere no pé, esta disfunção formará uma “cadeia” em que irá gerar uma continuidade desta disfunção, podendo causar algias em locais distantes do “verdadeiro” local da disfunção, como na coluna, ou no braço (um músculo interfere no outro). Portanto, se o paciente relata dor na coluna é necessário avaliarmos o paciente como um todo, e não só a sua coluna, já que temos essa noção de globalidade.

É extremamente importante termos em mente as várias funções da fáscia, além de suas já conhecidas actuações de protecção e sustentação corporal.

A fáscia desempenha outros papéis que são fundamentais para o funcionamento saudável do organismo humano. Entre estas funções podemos citar:

  • A função tónica, onde a fáscia fornece tônus ao sistema muscular, mesmo quando este está em repouso, ou sem actividade neuromuscular.
  • É parte fundamental do metabolismo do corpo e do mecanismo pelo qual o corpo distribui os fluidos.
  • É sede de intensa actividade celular, sendo o campo da acção dos leucócitos e macrófagos (o que lhe confere importância fundamental nos processos inflamatórios).
  • É o local onde a gordura é depositada e estocada.
  • Integra no processo de coordenação motora através da transmissão de tensões.
  • Compõe o sistema de drenagem linfática (bomba linfática), fato que lhe confere grande importância, pois quando ocorre inflamações, aderências e restrições que envolvam o tecido fascial, este sistema pode ficar comprometido.

 

Efeitos terapêuticos da massagem nos tecidos moles

MOVIMENTOS

EFEITOS

Effleurage, alisamento, rolamento da pele.

Estimulação da circulação linfática e sanguínea superficial; mobilização da pele e do tecido subcutâneo; promoção do relaxamento local e geral; alívio da dor.

Amassamento, torcedura, beliscamento.

Mobilização do tecido muscular; estimulação da circulação mais profunda; promoção do relaxamento; alívio da dor.

Cutiladas, pancadas, sacamento, palmadas.

Estimulação da actividade muscular e da circulação profunda.

Palmadas, vibrações, agitações.

Mobilização e remoção das secreções pulmonares.

Fricção profunda.

Mobilização das estruturas e tecidos profundos e alívio da dor em tendões, músculos, ligamentos e cápsulas articulares.

 

Principais usos da massagem terapêutica

Os efeitos mecânicos, fisiológicos e psicológicos da massagem dão origem aos seus efeitos terapêuticos. Estes efeitos são a base para os usos terapêuticos (também conhecidos como indicações terapêuticas). A essa altura, também estes usos devem estar evidentes.

Principais usos da massagem terapêutica:

  • Ajudar no relaxamento geral ou local
  • Aliviar a dor
  • Tratar problemas específicos:
  • Edema crónico
  • Tecido cicatricial (superficial ou profundo)
  • Lesões de músculos, tendões, ligamentos ou articulações
  • Hematomas (superficiais ou profundos)
  • Constipação crónica (há poucos estudos apoiando esta indicação)
  • Facilitação dos movimentos
  • Prevenção da deformidade


Massagem transversal profunda

Dr. Cyriax, em determinado momento escreveu: "Movimentos activos: testam articulações e músculos; movimentos passivos testam apenas as articulações; movimentos resistidos testam somente os músculos".

A massagem por fricção profunda foi projectada, sobretudo, para atingir o tecido conjuntivo, tendões, ligamentos e músculos. O tecido conjuntivo é o principal dos tecidos moles. Por definição, ele conecta todos os outros componentes dos tecidos moles em seu papel funcional. Engloba os músculos, tendões, tecido adiposo, osso, cartilagem, sangue e linfa.

Trata-se de uma técnica de massagem aplicada transversalmente, com a intenção de manter ou restabelecer a mobilidade normal em uma estrutura atingida, ou ainda, retomar a função. Após uma lesão muscular ocorre formação de tecido cicatricial, podendo resultar em adesões entre as fibras musculares, causando dor quando o músculo se contrai. Da mesma forma, tendões e ligamentos podem ser lesados, resultando em uma cicatriz inflamada e aderência do ligamento à superfície óssea. Todos esses factores podem levar a perda de função, dor e limitação para as actividades do quotidiano. A massagem transversa profunda é utilizada para quebrar essas adesões, permitindo aos músculos, ligamentos e tendões tratados readquirir a função normal e sem dor.

A massagem transversa profunda, juntamente com outras intervenções num programa terapêutico planejado é úteis no tratamento das lacerações musculares, lesões musculotendinosas, tendinites e rupturas tendinosas parciais (lacerações tendoperiósticas), tendossinovites, torções ligamentares, endurecimento de áreas subcutâneas e tecido cicatricial.


Método Rolfing


Vale a pena incluir aqui um sistema de massagem que combina a pressão profunda aos pontos deflagradores em músculos, a alongamentos miofasciais ao longo dos músculos, para a obtenção da integração estrutural. O Rolfing envolve manipulações de massagem muito profundas, similares às usadas na massagem do tecido conjuntivo. Estas manipulações são aplicadas aos pontos deflagradores usando os polegares, cotovelos, partes carnudas da palma da mão e mesmo os joelhos.  Rolfing é uma espécie de massagem, indicada para pessoas que sofrem com o desgaste corporal, provocado pela má postura, esforços físicos, traumatismos decorrentes de acidentes ou tensões.

O tratamento através do Rolfing:

  • Alinha, alonga e integra o corpo com a força gravitacional;
  • Libera sensivelmente as tensões e dores musculares crónicas;
  • Libera o movimento das articulações e melhora a flexibilidade;
  • Modifica adequadamente a distribuição da massa muscular, melhorando as formas do corpo;
  • Melhora a circulação e a respiração;
  • Previne distensões, luxações;
  • Promove mudanças progressivas nos níveis físico e emocional;
  • Aumenta a consciência corporal